Atitude preventiva: garantindo a “saúde” do seu veículo

Prevenir é melhor que remediar. Com certeza você já escutou essa frase na sua vida, seja quando o assunto era a sua saúde ou a do seu veículo. Pois, sim: o seu carro também precisa de cuidados. Em um processo de monitoramento, você pode verificar motor, freios, correia e itens de segurança, além do lubrificante, de fluidos (de arrefecimento, dos freios) e dos filtros (ar e combustível). Quanto mais rodado for o veículo, mais atenção você precisará ter e mais itens terão que ser monitorados.

Verificar o nível do óleo é um dos itens mais importantes do seu monitoramento. Afinal, tanto a falta quanto o excesso de lubrificante podem causar problemas no motor do seu carro. Para verificar o óleo do seu veículo, você pode seguir uma passo a passo simples:

1) Estacione o veículo em uma superfície plana. Assim você consegue ter uma leitura mais precisa.

2) Retire a vareta de medição verifique a quantidade de óleo. Deve haver duas pequenas marcas na ponta da vareta, uma correspondente ao nível máximo de óleo e a outra ao nível mínimo. Para tudo estar certo, o nível do óleo deve estar no meio das duas marcações.

Lembre-se de verificar o nível do óleo sempre com o motor frio. Caso o nível do óleo esteja baixo, evite misturar óleo velho e novo. Isso pode prejudicar o funcionamento do motor.

Fique de olho no manual do proprietário e cheque sempre se o seu veículo está rodando corretamente. Fazendo isso, esteja certo de que ele irá lhe acompanhar por mais tempo.

Essa informação foi útil para você?

Por que essa informação, não foi útil para você?

Obrigado pela sua participação!

compartilhe essa informação: