Atitude preventiva: garantindo a ‘saúde’ do seu veículo

Atitude preventiva: garantindo a ‘saúde’ do seu veículo

Por |2021-07-04T16:54:24-03:004 de outubro de 2017|Dicas, Por dentro do óleo|

Prevenir é melhor que remediar. Com certeza você já escutou essa frase na sua vida, seja quando o assunto era a sua saúde ou a do seu veículo. Pois, sim: o seu carro também precisa de cuidados. Em um processo de monitoramento, você pode verificar motor, freios, correia e itens de segurança, além do lubrificante, de fluidos (de arrefecimento, dos freios) e dos filtros (ar e combustível). Quanto mais rodado for o veículo, mais atenção você precisará ter e mais itens terão que ser monitorados.

Verificar o nível do óleo é um dos itens mais importantes do seu monitoramento. Afinal, tanto a falta quanto o excesso de lubrificante podem causar problemas no motor do seu carro. Para verificar o óleo do seu veículo, você pode seguir uma passo a passo simples:

1) Estacione o veículo em uma superfície plana. Assim você consegue ter uma leitura mais precisa.
2) Retire a vareta de medição verifique a quantidade de óleo. Deve haver duas pequenas marcas na ponta da vareta, uma correspondente ao nível máximo de óleo e a outra ao nível mínimo. Para tudo estar certo, o nível do óleo deve estar no meio das duas marcações.

Lembre-se de verificar o nível do óleo sempre com o motor frio. Caso o nível do óleo esteja baixo, evite misturar óleo velho e novo. Isso pode prejudicar o funcionamento do motor.

Fique de olho no manual do proprietário e cheque sempre se o seu veículo está rodando corretamente. Fazendo isso, esteja certo de que ele irá lhe acompanhar por mais tempo.

Ir ao Topo