Você submete o seu veículo a um serviço leve ou severo? Saiba que a troca de óleo está em jogo

Por |2021-07-04T17:14:31-03:008 de abril de 2016|Caminhão, Carro, Moto, Por dentro do óleo|

Embora o manual do fabricante oriente quanto à quilometragem-limite para a troca de óleo, você precisa ficar atento a mais uma particularidade do seu carro. Será que o uso que você faz dele é leve ou severo? Essa diferença conta.

Uma situação de uso severo acontece quando os motoristas de cidade grande, constantemente, submetem seus motores ao “para e anda” do trânsito urbano ou, também, fazem com que eles sejam desligados antes de atingirem a temperatura normal de funcionamento, ao percorrerem pequenas distâncias, de aproximadamente 5km.

Em contrapartida, os veículos que trafegam por percursos longos, em velocidade constante, e em rodovias asfaltadas, são considerados de uso leve e seus motores podem esperar um pouco mais.

Outro fator que afeta o intervalo de troca do seu lubrificante são as condições das rodovias onde se trafega, sendo, muitas delas, não pavimentadas e empoeiradas. Tudo isso sacrifica muito o lubrificante, que precisa ter seu intervalo de troca reduzido de acordo com  o estabelecido pelo fabricante do veículo  para serviço  severo.

Por isso, não desconsidere essa particularidade e atente para as diferenças de uso.

Ir ao Topo